03/12/2015

Detidos terroristas que ameaçaram o Papa















A polícia italiana realizou esta terça-feira, dia 1, uma operação em várias cidades italianas e no Kosovo para deter cidadãos kosovares suspeitos de fazer apologia ao terrorismo e ao ódio racial.

As autoridades kosovares participaram nas detenções, tendo sido detidos, pelo menos, quatro pessoas.

Os suspeitos publicaram na Internet ameaças contra o papa Francisco e, segundo os investigadores, uma das mensagens era: "Lembrem-se que não haverá outro Papa depois deste. Será o último".

A investigação que levou à operação de hoje foi conduzida pela Direcção Central da Polícia de Prevenção – a força de segurança anti-terrorista de Itália – e pela Divisão de Investigação Geral e Operações Especiais, depois de terem sido identificados vários elementos de uma alegada organização terrorista que difundia a ideologia jihadista através das redes sociais.

O grupo teria já publicado na Internet várias fotografias dos seus membros com armas na mão, sendo os quatro detidos reconhecidos como extremistas militantes do Daesh (o auto-proclamado Estado Islâmico).

fonte: Sábado

0 comentários:

Enviar um comentário